Clicky

Profitchart Pro 728×90

O dólar comercial perdeu força nesta segunda-feira, perdendo fôlego entre a cesta de moedas emergentes, com os indicadores dos Estados Unidos. No interbancário, a moeda ficou cotada aos R$3,231 para a compra e R$3,232 para a venda, queda de 1,21%.

“O mercado estava voltado para o pronunciamento de Dilma e ainda refletindo a fala da presidente do Federal Reserve [Janet Yellen] na sexta-feira. Passada a primeira parte do pronunciamento e o início das perguntas, o mercado voltou, sendo que já está precificada a decisão sobre Dilma e até quarta-feira (31) deverá ser assim. O problema será a ‘cobrança da fatura’ de Michel Temer depois”, disparou o diretor da Treviso, Reginaldo Galhardo.

MetaTrader 300×250

O euro ficou cotado aos R$3,614 para a compra e R$3,618 para a venda, queda de 1,11%.

Em Frankfurt, o euro era cotado a US$ 1,1168 às 15h GMT (12h de Brasília) desta segunda-feira no mercado de divisas, abaixo do valor da sessão de sexta-feira no mesmo horário, que foi de US$ 1,1275.Já o Banco Central Europeu (BCE) fixou o câmbio oficial do euro em US$ 1,1170.

O Banco Central fez o leilão se swap cambial reverso, que equivale a compra de dólares no mercado futuro, ofertando os 10 mil contratos.

Foram 5.000 contratos com vencimento para o próximo dia 01, 2.365 para 03 de outubro e 2.635 para 01 de novembro.


Assuntos desta notícia