Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

SÃO PAULO, 15 Mai (Reuters) – A Companhia Siderúrgica
Nacional parece ter embarcado decididamente em um
processo relevante de redução de dívida, esperando vender mais 4
bilhões de reais em ativos até o final deste ano.
Depois de anunciar na noite da véspera a venda da usina LLC
nos EUA para a Steel Dynamics por 400 milhões de dólares
, a CSN deverá vender mais 2 bilhões de reais em
ativos até o final deste semestre e outros 2 bilhões na segunda
metade do ano, disse o presidente-executivo da empresa, Benjamin
Steinbruch.
Em teleconferência com analistas, Steinbruch afirmou que a
CSN, que passou anos rejeitando ofertas abaixo do considerado
justo pela empresa, quer reduzir o endividamento este ano "em
pelo menos 1 Ebitda". O executivo citou como possíveis vendas as
ações preferenciais da Usiminas detidas pela CSN, o
porto de contêineres no Rio de Janeiro (Tecon), a usina
Lusosider (Portugal) e ativos de mineração que estão fora da
unidade Congonhas Minérios.

(Por Alberto Alerigi Jr., edição Paula Arend Laier)
(([email protected]; 5511-5644-7753; Reuters
Messaging: [email protected]))

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia

Join the Conversation