Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

LONDRES, 13 Nov (Reuters) – A economia da Europa está agora
encontrando seu passo, informou o Fundo Monetário Internacional
(FMI) nesta segunda-feira, mas o Brexit pode resultar em
crescimento "sensivelmente" menor tanto para a Grã-Bretanha como
para a zona do euro.
O último Perspectiva Econômica Regional do FMI, que examina
mais de 40 países, da Alemanha e Reino Unido à Turquia e a
Rússia, mostrou que a recuperação atual parece cada vez mais
segura.
Em parte, é impulsionada pelo estímulo do banco central e
taxas de juros baixas, mas também pela melhora dos fundamentos.
"Esta recuperação parece cada vez mais durável", disse o
vice-diretor do Departamento Europeu do FMI, Joerg Decressin, à
Reuters durante a apresentação do relatório.
"O crescimento da área do euro tem sido positivo há 18
trimestres, em torno de 2,5 por cento. Muitos países do leste da
Europa já cresceram em torno de 3 por cento por algum tempo.
Então, essa recuperação não só se tornou mais ampla, mas também
é mais forte".
O Perspectiva Econômica Mundial do FMI, publicado em
setembro, prevê crescimento regional de 2,4 por cento este ano e
2,1 por cento no próximo ano.
((Tradução Redação São Paulo, 5511 5644-7732))
REUTERS PD


Assuntos desta notícia

Join the Conversation