Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

SÃO PAULO, 14 Mar (Reuters) – A carga de energia do sistema
interligado do Brasil recuou 2,3 por cento em fevereiro quando
na comparação com o mesmo mês do ano anterior, para 68.301
megawatts médios, disse em boletim nesta quarta-feira o Operador
Nacional do Sistema Elétrico (ONS), que atribuiu o desempenho
principalmente ao clima.
"O mês de fevereiro, que normalmente é caracterizado por
altas temperaturas, teve neste ano a incursão de ar frio,
ocasionando temperaturas amenas, atípicas para essa época do ano
e abaixo da média histórica", apontou o órgão do setor elétrico.
Em números ajustados, que excluem efeitos como a diferença
de dias úteis entre os anos, houve queda de 0,1 por cento na
carga, que representa a soma do consumo de energia com as perdas
na rede.
Houve avanço na região Norte, de 4,1 por cento, enquanto as
demais regiões tiveram recuo, com destaque para o Sul (queda de
3,6 por cento) e para o Sudeste (recuo de 2,9 por cento).
No acumulado dos últimos doze meses, a carga do sistema
avançou 0,6 por cento, segundo o ONS.

(Por Luciano Costa; edição de Roberto Samora)
(([email protected]; 5511 5644 7519;
Reuters Messaging: [email protected]
– Twitter: @AnaliseEnergia))

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia