Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

SÃO PAULO, 13 Abr (Reuters) – A carga de energia no Sistema
Interligado Nacional (SIN) deve crescer 3 por cento em 2018 ante
o ano passado, e 3,7 por cento ao ano entre 2018 e 2022,
estimaram a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica
(CCEE), Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e o Operador
Nacional do Sistema (ONS), em relatório conjunto divulgado nesta
sexta-feira.
"As projeções foram atualizadas tomando como base a
avaliação da conjuntura econômica e o monitoramento do consumo e
da carga, ao longo do ano de 2017 e nos primeiros meses de
2018", disse a CCEE no relatório.
Apesar das evidências de crescimento, o ritmo está menos
intenso do que o previsto no Planejamento Anual da Operação
Energética 2018–2022, trazendo a previsão para a carga do SIN em
2022 451 MWmédios abaixo do que o previsto anteriormente.
A carga de energia representa a soma de consumo e perdas na
rede elétrica.

(Por Isabel Marchenta; edição de Roberto Samora)
(([email protected] 5511 5644 7751 Reuters
Messaging: [email protected]))

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia

Join the Conversation