Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

SÃO PAULO, 22 Nov (Reuters) – O Plenário da Câmara dos
Deputados aprovou, por 299 votos a 9, o regime de urgência para
o Projeto de Lei 9086/17, que cria a Política Nacional de
Biocombustíveis (RenovaBio), de acordo com notícia da Agência
Câmara nesta quarta-feira.
A aprovação do regime de urgência, que dá prioridade na
pauta de votação, foi comemorada por associações do setor.
O RenovaBio é considerado estratégico para a retomada dos
investimentos na indústria de biocombustíveis, sem depender de
subsídios do governo ou de renúncia fiscal, afirmou a União da
Indústria de Cana-de-açúcar (Unica).
O projeto também será um "poderoso instrumento" para ajudar
o Brasil a cumprir suas metas de "descarbonização" assumidas no
Acordo de Paris, principalmente para a redução da emissão de
gases de efeito estufa no transporte veicular, segundo a
associação.
O projeto inclui metas de uso de biocombustíveis e
negociações de créditos de descarbonização (CBios), semelhante
ao modelo utilizado nos Estados Unidos.
Para a União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene
(Ubrabio), ao contrário de outros países, onde a
"descarbonização" da economia é um desafio, no Brasil, é uma
oportunidade.
((Redação São Paulo 55 11 56447751))
REUTERS RS

(([email protected] 5511 5644 7751 Reuters
Messaging: [email protected]))

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia