Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

NOVA YORK/LONDRES, 7 Dez (Reuters) – Os contratos futuros do
café arábica na ICE caíram mais de 3 por cento para uma mínima
de cinco meses e meio nesta quinta-feira, enquanto o açúcar
bruto caiu para o menor nível em cinco semanas, uma vez que uma
queda na moeda brasileira pressionou os preços.
O café arábica para março fechou em queda de 3,2
centavos de dólar, ou 2,5 por cento, a 1,229 dólar por
libra-peso, enquanto o café robusta para janeiro fechou
em queda de 28 dólares, ou 1,59 por cento, a 1.730 dólares por
tonelada.
"Tem havido reações limitadas do mercado às mínimas de
quatro anos nos números de exportação do Brasil à medida que
alcançamos o fim de 2017, uma vez que compradores estão
dispostos a esperar até que a oferta adicional entre no
mercado", disse a BMI Research em nota, indicando boas
perspectivas de produção na próxima safra do Brasil e Colômbia.
O açúcar bruto para março fechou em queda de 0,14
centavo de dólar, ou 1 por cento, a 14,31 centavos de dólar por
libra-peso, enquanto o açúcar branco para março encerrou
em queda de 4,10 dólares, ou 1,1 por cento, a 371,20 dólares por
tonelada.
O real brasileiro mais fraco pressionou as cotações do
açúcar, uma vez que encoraja produtores a venderem devido ao
maior retorno na moeda local.
"A liquidação mostra que, apesar da 'história do etanol' no
Brasil, operadores têm reagido às estimativas contínuas de
grandes excedentes de açúcar", disse o operador sênior da Sucden
Financial, Nick Penney, em nota.
(Por Marcy Nicholson e Ana Ionova)
((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447765))
REUTERS LM RS


Assuntos desta notícia