Clicky

MetaTrader 728×90

NOVA YORK/LONDRES, 14 Mai (Reuters) – Os contratos futuros
do café arábica na ICE caíram para uma mínima de três semanas
nesta segunda-feira, depois que dados mostraram que
especuladores já cobriram mais posições vendidas do que o
esperado, enquanto os futuros do açúcar subiram.
O contrato julho do café arábica encerrou em baixa de
1,8 centavo de dólar, ou 1,5 por cento, a 1,176 dólar por
libra-peso, após tocar uma mínima desde 20 de abril, a 1,172
dólar.
Os preços foram pressionados pelos dados do governo dos
Estados Unidos divulgados depois do fechamento dos mercados na
sexta-feira mostrando que especuladores cobriram um volume maior
das suas posições vendidas frente o que os participantes
esperavam, disseram operadores.
"Conhecendo a mão forte dos fundos e o que eles podem
restabelecer em posições vendidas, as compras da indústria
certamente não são suficientes para manter o mercado firme",
disse um operador.
O café robusta para julho caiu 16 dólares, ou 0,9
por cento, a 1.742 dólares por tonelada.
Ambas as variedades de café foram pressionadas pela fraqueza
do real brasileiro, que caiu para uma mínima de dois anos ante o
dólar norte-americano.
O contrato julho do açúcar bruto teve alta de 0,04
centavo de dólar, ou 0,36 por cento, a 11,26 centavos de dólar
por libra-peso.
O mercado ficou dentro da suas margens de negociação de três
semanas, com o mercado à esperada de chuvas em regiões
produtoras do Brasil.
"As chuvas podem impedir qualquer deterioração adicional e
impulsionar o crescimento da cana-de-açúcar para a próxima
safra", disse o Commerzbank em nota.
O açúcar branco para agosto fechou a sessão com
ganho de 40 centavos de dólar, ou 0,1 por cento, a 321,10
dólares por tonelada.
(Por Marcy Nicholson e Ana Ionova)
((Tradução Redação São Paulo, +5511 5644 7721))
REUTERS IM JRG


Assuntos desta notícia

Join the Conversation