Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Por Gabriela Mello

SÃO PAULO (Reuters) – A Superintendência-geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) recomendou ao tribunal do órgão antitruste a condenação de José Batista Júnior e do frigorífico Independência em processo administrativo sobre formação de cartel no mercado nacional de compra de gado para abate, de acordo com despacho no Diário Oficial da União desta sexta-feira.

MetaTrader 300×250

Batista Júnior é membro da família controladora da gigante de alimentos JBS, atualmente envolvida em um grande escândalo de corrupção e investigada em diversas operações da Polícia Federal.

Conforme nota técnica no site da autarquia, ele "coordenou um cartel de compra de carne de gado bovino para abate, com fixação de preços e divisão de mercados, nos Estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e São Paulo, com a participação do frigorífico Independência".

O Cade ainda encaminhará à Procuradoria da República em MT e à Superintendência Regional da Polícia Federal cópias dos documentos para que "examinem a possibilidade de reabertura de inquérito policial".

A JBS não estava imediatamente disponível para comentário.
OLBRTOPNEWS Reuters Brazil Online Report Top News 20170915T110131+0000


Assuntos desta notícia