Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

SÃO PAULO, 4 Dez (Reuters) – O Conselho Administrativo de
Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a aquisição de
controle da pequena central hidrelétrica de Rondinha, em Santa
Catarina, por um fundo de investimento da comercializadora de
eletricidade Tradener, segundo despacho no Diário Oficial da
União desta segunda-feira.
A operação consiste na compra, pelo fundo FIP Pirineus, de
uma fatia de 67,5 por cento detida pela Atlantic Energias
Renováveis na Rondinha, hidrelétrica que está em operação desde
2014, tem capacidade de 9,6 megawatts e conta com a elétrica
catarinense Celesc como sócia.
A Tradener anunciou o negócio no início de outubro,
afirmando que a aquisição faz parte da estratégia de, nos
próximos cinco anos, "ter 50 por cento da carteira de
comercialização com energia própria".
Em seu parecer, o Cade afirmou que, "pelas baixas
participações a serem detidas pelo grupo adquirente", a operação
"não alterará… a estrutura do mercado de geração de energia
elétrica, quer seja considerado o cenário nacional ou o cenário
regional".
"Em decorrência da baixa participação do grupo adquirente no
mercado de comercialização de energia elétrica, entende-se, do
mesmo modo, serem pouco expressivos os efeitos de integração
vertical resultantes da operação", frisou o órgão regulador.

(Por José Roberto Gomes; Edição de Maria Pia Palermo)
(([email protected]; 55 11 5644 7762; Reuters
Messaging: [email protected]))

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia

Join the Conversation