Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

RIO DE JANEIRO, 14 Mar (Reuters) – A gestão da BR
Distribuidora , cuja principal acionista é a Petrobras
, avalia que a política de preços da petroleira
estatal nas refinarias está mais agressiva, o que deverá levar a
uma redução das importações de combustíveis pelo país em 2018,
disse o presidente da empresa, Ivan de Sá.
A afirmação do executivo da BR Distribuidora foi feita
durante teleconferência com analistas de mercado, sobre os
resultados da empresa no quarto trimestre e em 2017, publicado
na terça-feira.
A BR Distribuidora teve lucro líquido de 531 milhões de
reais no quarto trimestre de 2017, alta de 921,2 por cento ante
o mesmo período do ano anterior.
O fluxo de caixa livre da BR foi de 984 milhões de reais em
2017, próximo ao lucro líquido de 1,15 bilhão de reais, o que
permitirá o pagamento de 1,09 bilhão de reais em dividendos aos
acionistas, o que equivale a aproximadamente 95 por cento do
lucro líquido de 2017.

(Por Marta Nogueira; edição de Roberto Samora)
(([email protected]; +55 21 2223 7104; Reuters
Messaging: [email protected]))

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia