Clicky

BOVESPA fecha janeiro com alta acumulada de 7,38%

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

O mês de janeiro trouxe saldo positivo para a Bovespa com alta acumulada de 7,38%. O grande destaque ficou com Vale e alta de 30,9%. Itaú (maior ponderação do índice) com +10,06% e Petrobras fechando com alta modesta de 1,01%. O fluxo canalizado para o mercado tem garantido a performance. Até o dia 27 de janeiro os investidores estrangeiros tinham aportado liquidamente
R$ 6,2 bilhões.

O presidente americano Donald Trump, seus decretos e discursos seguem agregando volatilidade aos mercados de risco e principalmente ao dólar e os investidores mantem o presidente no foco. Ontem ele adiou a emissão de decreto sobre cibersegurança e vistos de trabalho.

MetaTrader 300×250

Hoje mercados da Ásia voltando de feriado prolongado (exceto Xangai), com Tóquio em alta de 0,56%. Mercados da Europa com boas altas nesse início de manhã e futuros do mercado americano na mesma direção. No Brasil, podemos seguir recuperando com fluxo forte de recursos e ainda alguma realização de lucros recentes.

O dia está sendo de anúncio de índices OMI de atividade em diferentes países. Na China, o PMI industrial de janeiro caiu para 51,3 pontos e o de serviços subiu para 54,6 pontos. No Japão, PMI subindo para 52,7 pontos (anterior em 52,4 pontos) e governo de Shinzo Abe rejeitando acusação de que manipula o câmbio e acrescentando que empresas japonesas ajudam no crescimento americano. Abe vai encontrar Trump.

Na Índia, PMI industrial voltando para expansão em 50,4 pontos (de 49,6 pontos), na Alemanha alta para 56,4 pontos, zona do euro alta para 55,2 pontos e no Reino Unido queda para 55,9 pontos. O detalhe é que todos acima de 50 pontos, o que indica aceleração da atividade e mostra recuperação global no curto prazo.

Na sequência dos mercados no exterior, o petróleo WTI negociado em NY tinha alta de 0,17%, com barril cotado em US$ 52,90. O euro era transacionado em queda para US$ 1,079, e os notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 2,47%. O ouro e a prata em alta na Comex e commodities agrícolas com comportamento misto na bolsa de Chicago.

Voltando ao Brasil, foco na política com eleição para presidência do senado e amanhã da câmara, mas antes STF discute candidatura de Rodrigo Maia. O ministro do STF Fachin se dispôs a passar para a segunda turma do STF e com isso deve se credenciar para a relatoria da operação Lava Jato. O governador Pezão tenta acelerar termos do acordo com a União e o ministério da Fazenda autorizou a troca de indexador da dívida.

A FGV anunciou a inflação fechada de janeiro pelo IPC-S em alta para 0,69%, vindo de 0,33%. Mercados devem começar com dólar em alta, juros com viés positivo e Bovespa acompanhando o segmento externo com recuperação.

Bom dia e bons negócios.

Alvaro Bandeira
Economista-Chefe Home Broker Modalmais
Fonte: https://www.modalmais.com.br/blog/falando-de-mercado


Assuntos desta notícia