Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Por Julien Ponthus
LONDRES, 14 Fev (Reuters) – Os principais índices acionários
europeus subiam nesta quarta-feira, sustentados por resultados
fortes e dados da economia da Alemanha, com os operadores se
posicionando para números de inflação nos Estados Unidos.
Às 8:23 (horário de Brasília), o índice FTSEEurofirst 300
subia 0,67 por cento, a 1.464 pontos, enquanto o índice
pan-europeu STOXX 600 ganhava 0,73 por cento, a 373
pontos.
Dados sugerindo que a economia alemã deve continuar forte em
2018 foram divulgados ao mesmo tempo em que surgiram notícias de
que a Bridgewater Associates teria assumido apostas vendidas
contra titãs corporativos alemães, incluindo Deutsche Bank
, Allianz e BASF .
Os números de inflação nos EUA a serem divulgados mais tarde
podem aliviar ou inflamar os temores de altas de juros mais
rápidas no país, o que provocou a forte correção nos mercados
acionários neste mês.
As ações da distribuidora francesa de peças elétricas Rexel
liderava os ganhos, com alta de 8,2 por cento e a caminho de seu
melhor dia em dois anos após atualizações.
Em seguida vinha o grupo Siltronic , em alta de
6,6 por cento depois de nota positiva do Credit Suisse.
. Em LONDRES, o índice Financial Times avançava 0,65
por cento, a 7.214 pontos.
. Em FRANKFURT, o índice DAX subia 0,74 por cento, a
12.287 pontos.
. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhava 0,68 por cento,
a 5.144 pontos.
. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha valorização de
0,23 por cento, a 22.086 pontos.
. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava alta de 0,54
por cento, a 9.703 pontos.
. Em LISBOA, o índice PSI20 valorizava-se 0,80 por
cento, a 5.408 pontos.
((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7729))
REUTERS CMO


Assuntos desta notícia