Clicky

MetaTrader 728×90

21 Nov (Reuters) – Os mercados acionários europeus tiveram
leve alta nesta terça-feira, após recuarem mais cedo com uma
série de notícias corporativas afetando a confiança, apesar do
otimismo contínuo na força da economia europeia e na expansão
global sincronizada.
O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,46 por cento, a
1.526 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600
ganhou 0,44 por cento, a 388 pontos.
O índice alemão DAX subiu 0,8 por cento depois que
a chanceler Angela Merkel disse que preferiria novas eleições a
governar com minoria, após o colapso de conversas para formação
de uma coalizão de três partidos.

"Os mercados financeiros realmente não reagiram muito",
disse o economista-chefe do UBS Wealth Management, Paul Donavan,
ao acrescentar que uma eleição instantânea não era a opção mais
provável porque seria um longo processo.
A Aggreko , o maior fornecedor de energia temporária
listado em bolsa no mundo, recuou 11 por cento após informações
que preocuparam os investidores sobre as perspectivas de 2018
Já a EasyJet teve o melhor desempenho com avanço de
5,1 por cento, ao informar que estava se beneficiando do colapso
de seus rivais e de problemas na Ryanair .

MetaTrader 300×250

O índice FTSEurofirst 300 fechou em alta de 0,46
por cento, a 1.525 pontos.
Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,30
por cento, a 7.411 pontos.
Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,83 por cento, a
13.167 pontos.
Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,48 por cento, a
5.366 pontos.
Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de
0,62 por cento, a 22.326 pontos.
Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,32
por cento, a 9.993 pontos.
Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,21 por
cento, a 5.291 pontos.

(Por Julien Ponthus)
((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7509))
REUTERS TF CV


Assuntos desta notícia