Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

4 Dez (Reuters) – O índice Dow Jones alcançou uma máxima
recorde nesta segunda-feira, com bancos e varejistas subindo e
companhias de tecnologia caindo à medida que investidores
realinhavam seus portfólios por esperanças de beneficiarem-se
dos esperados cortes de impostos corporativos.
O Dow Jones subiu 0,24 por cento, a 24.290 pontos,
enquanto o S&P perdeu 0,11 por cento, a 2.639 pontos. O
Nasdaq Composite recuou 1,05 por cento, a 6.775 pontos.
O S&P 500 encerrou em queda após alcançar uma máxima recorde
intradia mais cedo no dia.
Bank of America , JPMorgan Chase , Wells Frago
& Co e Citigroup subiram mais de 2 por cento após
o Senado dos Estados Unidos, dominado por republicanos, aprovar
sua lei de impostos no sábado.
Assim que o Senado e a Câmara de Deputados conciliarem suas
respectivas versões do projeto, a lei resultante poderá reduzir
as taxas de impostos corporativos para 20 por cento, ante 35 por
cento.
"Isso provavelmente resultará em maiores dividendos e
recompras de ações, e isso torna as valorações mais razoáveis e
deverá prolongar o rali", disse Tim Ghriskey, chefe de
investimentos do Solaris Group em Bedford Hills, New York.
Investidores liberaram dinheiro para comprar ações de
bancos, lojas de departamento, e outras que poderão se
beneficiar de menores impostos com a venda de ações de
tecnologia, que se tornaram relativamente caras após liderar os
ganhos do mercado neste ano.
A Microsoft perdeu 3,77 por cento, Nvidia
caiu 5,57 por cento e PayPal Holdings recuou 5,75 por
cento.
As ações financeiras também subiram com apoio da ampla
expectativa de que o Federal Reserve aumentará as taxas de juros
em dezembro, o que torna os empréstimos mais rentáveis para os
bancos.
(Por Noel Randewich; reportagem adicional de Sruthi Shankar
e Rama Venkat Raman)
((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447765))
REUTERS LM ID


Assuntos desta notícia

Join the Conversation