Clicky

mm TD 728

O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta segunda-feira em forte baixa de 3,03%, cotado a US$ 47,05, interrompendo assim uma sequência de altas registradas na semana passada.

Ao final da sessão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em setembro caíram US$ 1,47 em relação ao fechamento de sexta-feira.

300×250 4 reais

As cotações caíram depois da divulgação dos planos da China de incentivar a exportação de petróleo refinado, assim como um novo crescimento das reservas do produto nas refinarias dos Estados Unidos pela oitava semana consecutiva.

O WTI, petróleo de referência no país, tinha atingido seu nível de preços mais alto em mais de um mês na última sexta-feira, motivado pelas especulações sobre uma restrição de produção entre os membros da Organização dos Países Produtores de Petróleo (Opep).

No entanto, as notícias vindas da China e dos próprios EUA prometem jogar os preços para baixo nos mercados internacionais.

Por sua vez, os contratos de gasolina com vencimento para o mês que vem caíram US$ 0,03, para US$ 1,48 por galão (3,78 litros).

Já os contratos de gás natural com vencimento no mesmo mês subiram US$ 0,09, para US$ 2,67 por cada mil pés cúbicos.

Com Ag.EFE


Assuntos desta notícia