Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

(Texto atualizado com mais informações e contexto)
RIO DE JANEIRO, 11 Jun (Reuters) – A mineradora brasileira
Vale fechou contratos de venda antecipada de cobalto,
com entrega a partir de 1º de janeiro de 2021, que irão permitir
destravar investimentos de 1,7 bilhão de dólares para a expansão
da mina de Voisey’s Bay, no Canadá, informou a companhia nesta
segunda-feira.
Os acordos, fechados em separado com a Wheaton Precious
Metals Corp (Wheaton) e Cobalt 27 Capital Corp, preveem um
pagamento antecipado de 690 milhões de dólares à Vale e vão
ajudar a companhia a financiar a expansão, que é o primeiro
anúncio de investimento significativo da empresa nos últimos
anos.
Ainda estão previstos no acordo pagamentos adicionais de 20
por cento, em média, dos preços de cobalto vigentes no momento
da entrega do produto, segundo a empresa.
Segundo a mineradora, a transação de venda antecipada da
commodity melhora o retorno financeiro sobre o capital investido
no projeto para mais de 35 por cento ao ano, considerando o
consenso de mercado dos preços.
"O projeto está, portanto, alinhado com o rigoroso processo
de alocação de capital da Vale, no qual projetos devem ser
capazes de gerar retornos aos preços atuais de mercado, ao invés
de depender de expectativas de aumentos futuros de preços",
disse a empresa em comunicado.
O pagamento antecipado de 690 milhões de dólares será
realizado integralmente na conclusão da transação, com 390
milhões de dólares a serem pagos por Wheaton e 300 milhões de
dólares a serem pagos por Cobalt 27, e equivale a 40 por cento
do investimento nominal do projeto.
O projeto irá estender a vida da mina de Voisey’s Bay,
liberando acesso para a Vale a reservas de níquel, cobre e
cobalto e, consequentemente, aumentando, em média, as produções
anuais estimadas em aproximadamente 45 mil toneladas de níquel,
20 mil toneladas de cobre e 2,6 mil toneladas de cobalto.
A Vale adicionou que, para uma transição suave da operação
com lavra a céu aberto para a subterrânea, a produção de níquel
da mina de Voisey's Bay será mantida em 38 mil toneladas por ano
de 2018 a 2020, concluindo o 'ramp-up' e atingindo entre 45 mil
e 50 mil toneladas por ano de níquel contido no concentrado a
partir de 2024.

(Por Marta Nogueira; edição de Roberto Samora e Luciano Costa)
(([email protected]; +55 21 2223 7104; Reuters
Messaging: [email protected]))

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia

Join the Conversation