Clicky

MetaTrader 728×90

(Texto atualizado com mais informações, contexto e tabela)
Por Marta Nogueira
RIO DE JANEIRO, 2 Mai (Reuters) – A produção média de petróleo no Brasil somou em março
2,557 milhões de barris por dia (bpd), queda de 2,3 por cento ante fevereiro, após ficar
praticamente estável por três meses consecutivos, informou nesta quarta-feira a Agência Nacional
do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).
O decréscimo em março, segundo a ANP, já era esperado em virtude de paradas programadas para
manutenção de equipamentos nas plataformas nos campos de Peregrino, na Bacia de Campos, e Lula,
na Bacia de Santos.
Em fevereiro, a produção de petróleo no país havia registrado média de 2,617 milhões de bpd,
enquanto em janeiro a produção foi de 2,615 milhões de bpd e, em dezembro, de 2,612 milhões de
bpd.
Em relação a março de 2017, a produção de petróleo no terceiro mês de 2018 subiu 0,3 por
cento.
A produção no pré-sal das bacias de Campos e Santos foi responsável por 54 por cento da
produção de petróleo média de março no Brasil, ou 1,396 milhão de bpd, volume 0,85 por cento
inferior ao registrado em fevereiro.
Já a produção média de gás natural em março no país somou 107 milhões de metros cúbicos por
dia, queda de 2,6 por cento ante fevereiro e alta de 5,6 por cento em relação a março do ano
passado.
A ANP apontou que o decréscimo ocorreu em função de paradas de manutenções nas plataformas
nos campos de Lula, na Bacia de Santos, e Peroá/Cangoá, na Bacia do Espírito Santo.
Segundo a ANP, a produção média de petróleo da Petrobras , como concessionária, em
março foi de aproximadamente de 1,95 milhão de bpd, ante 1,97 milhão de bpd no mês anterior.
A Petrobras havia informado anteriormente que sua produção havia caído em março
principalmente devido à manutenção de equipamentos na plataforma Cidade de Angra dos Reis, no
campo de Lula, pré-sal da Bacia de Santos.
Lula, principal produtor do país, extraiu 832 mil bpd em março, ante 850 mil bpd no mês
anterior, segundo a ANP.
Já a Shell , segunda maior produtora do Brasil e principal parceira da Petrobras nos
campos produtores do pré-sal, produziu em março 325,048 mil bpd.
Veja na tabela abaixo detalhes dos volumes produzidos pelas dez principais empresas no
Brasil em março, por concessionário, com dados comparativos do mesmo mês de 2017.

Gás Natural Produção Total mar/18 Produção Total mar/17
(Mm³/d) (boe/d) (boe/d)

MetaTrader 300×250

Petrobras 1.952.489 82.883 2.473.808 2.536.931
Shell Brasil 325.048 12.731 405.127 353.473
Petrogal Brasil 85.023 3.604 107.692 81.881
Repsol Sinopec 77.390 2.902 95.640 98.964
Total E&P do 22.318 823 27.492 –
Brasil
Statoil Brasil 23.411 45 23.693 18.816
O&G
Sinochem 15.607 30 15.795 12.544
Petróleo
Queiroz Galvão 181 2.129 13.573 11.765
ONGC Campos 10.614 101 11.247 13.988
Chevron Frade 9.146 111 9.844 11.334
Fonte: ANP

(Por Marta Nogueira
Edição de Luciano Costa)
(([email protected]; +55 21 2223 7104; Reuters Messaging:
[email protected]))


Assuntos desta notícia