Clicky

MetaTrader 728×90

(Texto atualizado com mais informações)
Por Gabriela Mello
SÃO PAULO, 13 Abr (Reuters) – As vendas totais líquidas do
Grupo Pão de Açúcar (GPA) no primeiro trimestre
cresceram 7,5 por cento na comparação anual, para 11,343 bilhões
de reais, conforme o forte desempenho da bandeira Assaí mais que
compensou o impacto da deflação dos alimentos nas lojas das
marcas Extra e Pão de Açúcar, segundo dados divulgados nesta
sexta-feira pela companhia.
No conceito mesmas lojas, o crescimento da receita líquida
total com vendas foi de 4,4 por cento em relação ao primeiro
trimestre de 2017 considerando o efeito calendário (Páscoa e um
sábado a mais) e de 2,4 por cento sem o mesmo.
As ações preferenciais do GPA abriram com alta de
cerca de 1 por cento nesta sexta-feira, mas ainda acumulam no
ano queda de quase 11 por cento.
No atacarejo, o faturamento líquido do Assaí subiu 25,2 por
cento na mesma comparação, para 5,058 bilhões de reais,
impulsionado pela abertura de 20 lojas e pelo crescimento de
mais de 9 por cento das vendas mesmas lojas excluindo o efeito
calendário.
"A bandeira segue capturando os efeitos da assertiva
estratégia, superando por mais um trimestre 12 por cento de
crescimento 'mesmas lojas' de volume e 8 por cento de clientes",
informou o GPA em comunicado.
Já a receita líquida do multivarejo –que abrange as marcas
Pão de Açúcar e Extra, em diversos formatos– caiu 3,5 por cento
de janeiro a março, para 6,285 bilhões de reais, refletindo uma
deflação de 4 por cento dos alimentos e o fechamento de unidades
Extra para conversão em Assaí.
Em mesmas lojas, as vendas líquidas do multivarejo subiram
0,4 por cento considerando o efeito calendário, mas caíram 2,3
por cento descontando esse efeito.
Segundo o GPA, o incêndio no fim de dezembro em um centro de
distribuição de refrigerados que abastecia 496 lojas gerou em um
impacto de cerca de 200 milhões de reais nas vendas de janeiro e
fevereiro.
Em março, contudo, ajustes na política comercial com
esforços promocionais em datas comemorativas permitiram uma
inversão da tendência negativa dos dois meses anteriores.
A empresa ainda citou evolução de dois dígitos em itens não
alimentícios na bandeira Extra Hiper, e expansão de categorias
sazonais nas lojas da marca Pão de Açúcar.
Quanto ao comércio eletrônico, o GPA apontou alta de dois
dígitos no primeiro trimestre com a implementação do serviço
Delivery Express em cerca de 50 lojas, mas não especificou o
percentual de crescimento.

(Edição de Raquel Stenzel)
(([email protected]; 551156447553; Reuters
Messaging: [email protected]))

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia

Join the Conversation