Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

(Texto atualizado com mais informações e contexto)
SÃO PAULO, 13 Mar (Reuters) – Um leilão que oferecerá a
investidores a concessão para construção e futura operação de
linhas de transmissão de eletricidade que deverão demandar
investimentos de 8,9 bilhões de reais está previsto para 28 de
junho, disseram diretores da Agência Nacional de Energia
Elétrica (Aneel) em reunião pública nesta terça-feira.
A licitação vem em um momento aquecido dos negócios em
transmissão de energia no Brasil. O último certame no setor, em
dezembro passado, foi o primeiro desde 2014 em que todos os
lotes de empreendimentos oferecidos aos investidores foram
arrematados.
A competição pelos projetos atraiu diversas empresas locais
e internacionais, incluindo gigantes indianas, o que levou o
leilão a registrar um deságio de 40,5 por cento na receita anual
a ser paga às empresas vencedoras pela construção e operação das
linhas.
Já o leilão de junho, o primeiro deste ano, oferecerá 24
lotes de empreendimentos de transmissão, distribuídos por 18
Estados, contra 11 lotes no certame anterior.
O edital da licitação ficará em audiência pública até 13 de
abril.
O diretor André Pepitone, relator de processo sobre o leilão
na Aneel, disse que três dos lotes de empreendimentos oferecidos
demandarão investimentos de cerca de 1 bilhão de reais,
incluindo estruturas vistas como importantes para escoar o
potencial de geração de energia eólica no Rio Grande do Sul.
Os demais lotes são menores, com necessidade de aportes
principalmente entre 100 milhões e 300 milhões de reais,
adicionou ele.

(Por Luciano Costa
Edição de Raquel Stenzel e Marta Nogueira)
(([email protected]; 5511 5644 7519;
Reuters Messaging: [email protected]
– Twitter: @AnaliseEnergia))

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia