Clicky

MetaTrader 728×90

SÃO PAULO, 23 Nov (Reuters) – As empresas operadoras de
grãos no Brasil poderão registrar o pior ano da década em 2017
em termos financeiros, apesar de recordes nos volumes
exportados, disse nesta quinta-feira o presidente da Associação
Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec), Luís Barbieri, em
um evento em São Paulo.
O cenário, segundo Barbieri, aponta para uma necessidade de
o setor de melhorar a gestão de riscos para lidar com grandes
safras, que pressionam margens. Questionado por jornalistas, o
presidente da Anec evitou, entretanto, elaborar os comentários
feitos para uma plateia de operadores do setor, dizendo que sua
fala buscou fazer as pessoas repensarem.
"Temos que repensar o que estamos fazendo, porque está
insustentável", disse Barbieri, acrescentando que os "resultados
das empresas associadas da Anec talvez sejam os piores da
década". Ele qualificou de "desastrosos" os resultados deste
ano.
Entre os associados da Anec estão gigantes do agronegócio
como ADM, Cargill, Louis Dreyfus, Amaggi, entre outras.

(Por Roberto Samora; Edição de Marta Nogueira)
(([email protected]; +55 21 2223 7104; Reuters
Messaging: [email protected]))

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia