Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Por Brenda Goh e Jennifer Hughes
XANGAI/HONG KONG, 9 Jan (Reuters) – O Alibaba Group Holding
vai "avaliar seriamente" a listagem de ações em Hong
Kong, disse o fundador Jack Ma, o que potencialmente dará forte
impulso ao centro financeiro que se prepara para permitir duas
classes de ações.
Ma fez os comentários em evento na cidade na segunda-feira,
em resposta a declarações da chefe do executivo de Hong Kong,
Carrie Lam, sobre como ele esperava que o Alibaba considerasse
retornar a Hong Kong para listagem, afirmou uma porta-voz da
empresa.
"Ousar falar dessa forma marca um forte compromisso, então
nós definitivamente consideraremos seriamente o mercado de Hong
Kong", disse Ma em resposta ao discurso de Lam, de acordo com a
transcrição fornecida pelo Alibaba.
Perguntado por repórteres sobre os seus comentários após o
encontro com o presidente Emmanuel Macron, em Pequim, Ma disse
que o Alibaba considerava listar as subsidiárias em Hong Kong,
mas não entrou em detalhes.
A porta-voz do Alibaba disse que não havia mais detalhes
disponíveis sobre o que poderia envolver qualquer plano de
listagem em Hong Kong.
O Alibaba fez uma listagem recorde de 25 bilhões de dólares
em Nova York, após Hong Kong, seu destino favorito, se recusar a
aceitar a estrutura de governança da empresa, onde um grupo de
administradores seniores auto-selecionados controla a maioria
das nomeações no conselho.
Hong Kong agora deve autorizar duas classes de ações com
base nas mudanças de regras propostas pela bolsa de valores da
cidade, aumentando as apostas na disputa com Nova York por
ofertas públicas iniciais (IPO, na sigla em inglês) de grupos
chineses.
Mais de 3 bilhões de dólares em ações do Alibaba foram
negociadas nesta segunda-feira, com base em cálculos da Reuters
usando dados da Nasdaq. O papel terminou cotado a 190,33
dólares, com 16,23 milhões de ações negociadas.
Isso se compara com o volume de negócios diário médio na
Hong Kong Exchanges and Clearing Ltd (HKEX) de 11,28
bilhões de dólares norte-americanos em 2017.
((Tradução Redação São Paulo; 55 11 56447553))
REUTERS GM RBS


Assuntos desta notícia