Clicky

MetaTrader 728×90

NOVA YORK/LONDRES, 5 Jun (Reuters) – Os contratos futuros do
açúcar bruto na ICE se recuperaram nesta terça-feira de uma
queda acentuada da sessão anterior, com algum suporte vindo de
preocupações sobre o clima seco no Brasil e lentidão nos
embarques do país, segundo operadores.
O contrato julho do açúcar bruto encerrou em alta de
0,12 centavo de dólar, ou 1 por cento, a 12,02 centavos de dólar
por libra-peso. A recuperação veio depois da queda na
segunda-feira para 11,86 centavos de dólar.
"Eu acho que é apenas uma pequena correção de ontem, quando,
talvez, a queda tenha sido exagerada", disse um operador.
Operadores destacaram os receios sobre o tempo seco no
Brasil e o ritmo lento nos envios do maior exportador do mundo
após a paralisação dos caminhoneiros.
Além disso, a Índia está considerando criar estoques de
segurança de 3 milhões de toneladas de açúcar, disse o ministro
de alimentos indiano, Ram Vilas Paswan, para impulsionar os
preços domésticos e ajudar as usinas em prejuízo a pagar dívidas
com os produtores de cana.
O açúcar branco para agosto avançou 6,30 dólares, ou
1,9 por cento, para 343,70 dólares por tonelada.
O contrato julho do café arábica fechou em queda de
2,05 centavo de dólar, ou 1,7 por cento, a 1,1945 dólar por
libra-peso.
O mercado foi parcialmente pressionado pela fraqueza do real
brasileiro , que tornou os preços denominados em dólar
mais interessante na moeda do maior produtor do mundo.
Na Guatemala, uma erupção vulcânica que matou pelo menos 69
pessoas deve reduzir a produção de café em 0,9 por cento, disse
a associação de café Anacafé em seu site na segunda-feira.

O café robusta para julho teve alta de 2 dólares, ou
0,1 por cento, a 1.747 dólares por tonelada.
(Por Marcy Nicholson e Nigel Hunt)
((Tradução Redação São Paulo, +5511 5644 7721))
REUTERS IM RS

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia