Clicky

Economia americana destravada e boatos sobre o adiamento da reforma da previdência

MetaTrader 728×90

Ontem, no final da sessão, a B3 melhorou bastante e fechou em alta de 0,56% e índice em 81.675 pontos, em novo recorde. Seguimos comportamento positivo do mercado americano com os três principais índices batendo recordes históricos. No Brasil, ainda destacamos o grande fluxo canalizado por investidores estrangeiros na B3 que alocaram R$ 5,3 bilhões até 18 de janeiro, cerca de 40% de tudo o que foi colocado em 2017.

Hoje mercados da Ásia encerraram o dia com boas altas, Europa trabalhando em alta nesse início de manhã e mercados futuros americanos no campo positivo. No Brasil, devemos acompanhar o cenário externos, mas o estresse com o julgamento de Lula pode empanar um pouco.

MetaTrader 300×250

O motivo do otimismo nesse início de manhã está no senado ter aprovado acordo para ampliar teto e estender endividamento até 08 de fevereiro, sendo votado em seguida pela Câmara e sancionado por Trump. Com isso, a economia e órgãos do governo foram novamente destravados.

Durante a madrugada, o BoJ (BC do Japão) manteve a política monetária estabilizada, o que significa taxa de depósito negativa em 0,10%. Manteve o compromisso de compra bônus e a previsão de crescimento de 2018 e 2019. O presidente do BoJ, Kuroda, disse que os preços estão sem tração e que vai manter a política monetária flexível até que a inflação aponte para 2,0%.

Na Alemanha, os conservadores e social democratas preparam negociações da coalizão e o índice ZEW de expectativas econômicas de janeiro subiu forte para 20,4 pontos, quando o previsto era 17,5 pontos. O índice condições atuais subiu para 95,2 pontos, de previsão em 89,5 pontos. Na sequência dos mercados no exterior, o petróleo WTI negociado em NY mostrava alta de 0,49% com o barril cotado a US$ 63,88. O euro era transacionado em queda para US$ 1,224 e notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 2,63%. O ouro e a prata negociados na Comex em altas e commodities
agrícolas com viés positivo na bolsa de Chicago.

No segmento local, Rodrigo Maia diz que trabalha com a aprovação da Previdência em fevereiro, mas seguem os boatos de que o governo cogita votar em novembro, após eleições. Temer e Meirelles em Davos vão vender o Brasil para investidores e projetos de infraestrutura.

O ministro Dyogo Oliveira voltou a falar sobre o déficit da previdência total de 2017 de R$ 269 bilhões e a impossibilidade de que seja mantido. Falou ainda que avalia receitas e despesas para propor o contingenciamento. O IPCA -15 de janeiro, prévia da inflação oficial ficou em 0,39% (anterior em 0,35% e a inflação em 12 meses foi para 3,02%), ainda assim menor que o previsto.

No mercado, os DIs começando o dia com leve alta dos juros e o dólar em alta de 0,18% e cotado a R$ 3,215. Na B3, expectativa de mercado novamente em alta e rumo ao objetivo de 83.000 pontos.
Porém, atenção com estresse do julgamento.

Bom dia e bons negócios.

Alvaro Bandeira
Economista-Chefe Home Broker Modalmais
Fonte: https://www.modalmais.com.br/blog/falando-de-mercado


Assuntos desta notícia