Clicky

MetaTrader 728×90

Por Lisa Richwine
LOS ANGELES, 14 Mar (Reuters) – A Walt Disney disse
nesta quarta-feira que criou uma nova unidade para seus negócios
de streaming de vídeo e internacional, conforme a empresa adapta
sua tradicional operação de mídia para um mundo que abraça
rapidamente os vídeos online.
Kevin Mayer, diretor de estratégia da empresa, foi nomeado
presidente da nova divisão, que supervisionará a oferta digital
ESPN+ e o lançamento de um serviço de transmissão orientado para
a família no final de 2019, disse a Disney em comunicado.
A medida surge no momento em que a Disney está no processo
de comprar os negócios de filme, TV e internacional da
Twenty-First Century Fox .
Os reguladores estão revisando o acordo, que foi complicado
pela oferta da Comcast por um dos ativos, a britânica
Sky .
A Disney também combinou seu negócio de parques temáticos
com a unidade de produtos de consumo que licencia personagens
para brinquedos, roupas e outras mercadorias. Bob Chapek, que
lidera a divisão de parques, conduzirá a unidade combinada.
As redes de mídia e o estúdio de filmes permanecerão como
unidades separadas, disse a Disney.
"Estamos posicionando estrategicamente nossos negócios para
o futuro, criando um quadro global mais efetivo para atender
consumidores em todo o mundo, aumentar o crescimento e maximizar
o valor para os acionistas", afirmou o presidente-executivo da
Disney, Bob Iger, em um comunicado.
A maior rede de TV da Disney, a ESPN, vem perdendo
assinantes à medida que os clientes deixam as assinaturas de
televisão paga em favor de serviços como Netflix .
A Disney espera mudar seus relatórios financeiros para
refletir a nova estrutura no início do ano fiscal de 2019, disse
a empresa.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447745))
REUTERS SI FB

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia