Clicky

Dia pode ser novamente positivo na Bolsa

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Ontem a B3 cravou o terceiro pregão consecutivo de alta e tirou o índice de patamar abaixo de 71000 pontos, para na máxima ultrapassar o patamar de 75000 pontos. Fechamos com alta de 1,58%, com o índice em 74594 pontos. É verdade que os mercados em alta no exterior contribuíram em dia de vencimento de opções no Brasil e os três índices do mercado americano fecharam com novos recordes.

Hoje mercados em alta na Ásia e Europa arrefecendo um pouco e com indicadores já transitando no campo negativo. Futuros do mercado americano em leve alta e, no Brasil, existe ainda espaço para novas recuperações.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Durante a noite, Janet Yellen, presidente do FED, disse que o banco central deve ser flexível em políticas monetárias e que a redução do balanço do FED está dando certo. Segue pregando elevação gradual dos juros e que a inflação baixa com indicadores fortes é uma surpresa. Na Alemanha, o presidente pediu que os partidos retornem as discussões para tentar coalisão, mas uma nova eleição está no radar.

Nos EUA, as negociações do NAFTA (EUA, Canadá e México), em sua quinta rodada foram positivas, com os EUA querendo conteúdo local para 85% da indústria automotiva, sendo que 50% proveniente dos EUA. Na sequência dos mercados no exterior, o petróleo WTI negociado em NY mostrava boa alta de 1,83%, com o barril cotado a US$ 57,87. O euro era transacionado em alta para US$ 1,175 e notes americanos com taxa de juros para títulos de 10 anos com 2,37%. O ouro e a prata em alta na Comex e commodities agrícolas em alta na bolsa de Chicago.

No cenário local, o governo apresenta hoje aos governadores a reforma enxuta da Previdência e Temer conversa com prefeitos sobre o mesmo tema. Mas as lideranças do Congresso ainda dizem que o governo não tem votos suficientes (308) para aprovação. A reforma trabalhista recebeu 882 emendas, e isso é um recorde, inclusive contando com a volta da contribuição sindical.

O Banco Mundial sugeriu choque liberal na economia brasileira e fala em corte de 7% do PIB em gastos federais. Na sequência, os DIs começando o dia com viés de alta e dólar mais fraco no exterior induz queda também no cenário local. Dólar abrindo com leve alta de 0,03% e cotado a R$ 3,25. Na B3, a expectativa é de mercado novamente em alta, mas com alguma volatilidade de acertos de posições do exercício de ontem de opções e certo estresse com o feriado de amanhã nos EUA (Ação de Graças). Ainda assim o futuro abrindo com alta de 0,38%.

Bom dia e bons negócios.

Alvaro Bandeira
Economista-Chefe Home Broker Modalmais
Fonte: https://www.modalmais.com.br/blog/falando-de-mercado


Assuntos desta notícia