Clicky

MetaTrader 728×90

BRASÍLIA, 30 Jan (Reuters) – A defesa do ex-presidente Luiz
Inácio Lula da Silva entrou com um pedido de habeas corpus junto
ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) para evitar que ele seja
preso após ser condenado em segunda instância pelo Tribunal
Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), informaram os advogados
do ex-presidente nesta terça-feira.
Lula foi condenado na semana passada pela 8ª Turma do TRF-4
por corrupção e lavagem de dinheiro no caso envolvendo um
apartamento tríplex no Guarujá, litoral de São Paulo. O petista
nega quaisquer irregularidades e sua defesa afirma que ele é
vítima de uma perseguição política que visa impedí-lo de
disputar a Presidência nas eleições deste ano. Lula lidera as
pesquisas de intenção de voto.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu; Texto de Eduardo Simões;
Edição de Tatiana Ramil)
(([email protected]; 55 11 5644 7759; Reuters
Messaging: [email protected]))

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia