Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Por Karolos Grohmann
LAUSANNE, Suíça, 3 Mai (Reuters) – O Comitê Olímpico
Internacional (COI), a pedido das Coreias do Norte e do Sul,
apoiará as conversas de paz na península coreana com iniciativas
esportivas, disse o presidente da entidade, Thomas Bach, nesta
quinta-feira.
Os dois países marcharam sob uma bandeira unificada nas
cerimônias de abertura e encerramento da Olimpíada de Inverno de
Pyeongchang, na Coreia do Sul, em fevereiro, quando as relações
tensas entre os vizinhos começaram a melhorar.
As duas Coreias também levaram um time feminino conjunto de
hóquei no gelo aos Jogos, após os quais Bach visitou a Coreia do
Norte e se encontrou com o líder da nação, Kim Jong Un.
"Nós nos comprometemos, a pedido de ambos (países), a
acompanhar as conversas de paz através de iniciativas esportivas
e reuniões, encontros e apoio aos atletas", disse Bach aos
repórteres.
"Há mais pela frente no curto prazo, no médio prazo e no
longo prazo quanto aos próximos Jogos Olímpicos da Juventude (em
outubro em Buenos Aires), a Olimpíada de Tóquio de 2020 e os
Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude de Lausanne em 2020, e
depois, claro, na Olimpíada de Inverno de Pequim de 2022".
Nesta quinta-feira as duas Coreias concordaram em enviar uma
equipe feminina conjunta ao campeonato mundial de tênis de mesa
depois que as duas nações decidiram não se enfrentar nas quartas
de final.
((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447765))
REUTERS TR


Assuntos desta notícia