Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

A Bovespa segue em realização nesta quarta-feira, em dia de divulgação da nova taxa referencial de juros, a Selic. Os investidores seguem atentos também para a ata do Federal Reserve nos Estados Unidos. Os preços das commodities estão em território negativo e refletindo nas ações da Vale e Petrobras.

Há pouco, o Ibovespa estava em queda de 0,96% aos 68.385 pontos. O giro financeiro seguia para os R$4 bilhões.

MetaTrader 300×250

As ações com ganhos
Cemig PN, alta de 2,84%; Qualicorp ON, alta de 2,22%; Telefonica Brasil PN, alta de 1,71%; Eletrobras ON, alta de 1,33%; e Ambev ON, alta de 1,44%.

As ações com perdas
Bradespar PN, queda de 5,72%; Gerdau PN, queda de 4,61%; Marfrig ON, queda de 4,66%; Estacio Participações ON, queda de 5,19%; e Cosan ON, queda de 3,78%.

A Petrobras ON estava em queda de 2,56% e a PN, queda de 1,62%.
A Vale ON estava em queda de 3,52% e a PN, queda de 2,96%.

Empresas

A Iguatemi (IGTA3) divulga resultados sem surpresas, batendo guidance. A companhia viu um 4T16 bastante desafiador, que resultou em vendas nas mesmas lojas e vendas nas mesmas áreas sem crescimento em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. Ainda assim, os aluguéis nessas lojas e áreas avançaram na comparação anual (6,5% e 6,2%, respectivamente), o que possibilitou a Iguatemi entregar o crescimento prometido para a receita líquida no ano, ainda que no piso do guidance (5%). O destaque positivo fica para o controle de custos da empresa, que fez com que o teto do guidance de margem EBITDA (77%) fosse superado, com a Iguatemi fechando o ano com margem EBITDA de 78%. A companhia divulgou também seu guidance para 2017, com crescimento da receita esperado entre 2% e 7%, margem EBITDA entre 73% e 77% e investimentos estimados no range de R$ 80 milhões a R$ 130 milhões.

A Weg (WEGE3) preserva margens. A fraca demanda interna e externa por equipamentos elétricos industriais, continuou pressionando a receita da Weg, que registrou queda de 13,1% frente ao 4T15, também sendo afetada pela maior valorização do real ante o dólar no período. Mesmo diante do menor faturamento e da menor diluição dos custos fixos, a companhia conseguiu apresentar margem EBTIDA de 16,9% neste trimestre, crescimento de 1,8 p.p. em doze meses, em virtude dos esforços desprendidos para cortar gastos e otimizar sua capacidade produtiva.

A Telefonica Brasil (VIVT4) registrou crescimento na comparação com o 4T15 de 1% na receita líquida, de 7% no EBITDA e de 12% no lucro líquido, tendo como mediana das projeções as altas de 1%, 5% e 10%, respectivamente. Ou seja, a companhia conseguiu entregar um resultado melhor que o esperado mesmo em meio ao conturbado cenário do setor de Telecom no Brasil.

A Braskem (BRKM5) anunciou a postergação da divulgação de seus resultados oficiais, apresentando apenas uma prévia, em função do acordo que foi anunciado em dezembro com autoridades da justiça norte americana, que impactou o cronograma de auditoria. Mesmo diante da boa performance apresentada na planta do México, do maior volume de vendas no mercado interno e da melhora nos preços de resinas e petroquímicos básicos no mercado internacional a receita líquida da Braskem ficou praticamente estável na comparação com o 4T15, sobretudo por conta da maior valorização do real no período, tanto que quando analisada em dólares houve crescimento de 16% na mesma base de comparação. Já os custos e despesas foram impactados pelo maior preço das matérias-primas, principalmente da nafta, e pelos maiores dispêndios com licenças com manutenção de softwares e publicidade, mas ainda assim a companhia conseguiu apresentar crescimento de EBITDA ajustado e margem EBITDA.

Carteira Teórica

A carteira teórica do Índice Bovespa que passou a vigorar entre e 02 de janeiro de 2017 a 28 de abril de 2017, com base no fechamento do pregão de 29 de dezembro de 2016, totaliza 59 ativos de 56 empresas e com a entrada da Eletrobras ON (ELET3). Os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice foram: Itauunibanco PN (10,681%), Bradesco PN (7,740%), Ambev S/A ON (7,183%), Petrobras PN (6,008%) e Petrobras ON (4,592%).

Commodities

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, fechou em queda de 0,91% aos US$94,00 a tonelada seca.

Nos Estados Unidos, o preço do petróleo WTI, com contratos para março e negociado na Bolsa Mercantil de Futuros, Nova York, estava em queda de 1,42% aos US$53,56 o barril.


Assuntos desta notícia