Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Por Sinead Carew
10 Jan (Reuters) – Os três principais índices acionários dos
Estados Unidos fecharam em queda nesta quarta-feira depois de
uma disputa agitada, enquanto os investidores se preocupavam que
a China interrompesse as compras de títulos do governo
norte-americano e que o presidente dos EUA, Donald Trump,
encerrasse um acordo-chave de comércio exterior.
O S&P e o Nasdaq encerraram uma sequência de altas de seis
dias depois que a Bloomberg noticiou que a China, maior
detentora de títulos do Tesouro dos EUA, poderia reduzir ou
parar de comprar os títulos do governo. A notícia enviou
rendimentos do Tesouro para uma alta de 10 meses.
O S&P 500 reduziu algumas perdas à medida que os rendimentos
se afastavam de seus picos intradiários e os investidores
digeriram a notícia da China. Mas o índice perdeu terreno
novamente no meio de tarde depois que a Reuters informou que o
Canadá está cada vez mais convencido de que Trump logo anunciará
a saída dos EUA do Acordo de Livre Comércio da América do Norte
(Nafta, na sigla em inglês), citando duas fontes governamentais.
"É uma semana bastante leve para dados econômicos e
financeiros. Em uma semana como essa, as manchetes políticas
podem ter um impacto maior do que normalmente", disse Jon
Mackay, estrategista de investimento do Schroders Investment
Management.
O índice Dow Jones caiu 0,07 por cento, a 25.369
pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,11 por cento, a 2.748
pontos e o índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,14 por
cento, a 7.154 pontos.
Os investidores começaram 2018 com grandes esperanças de
crescimento forte nos lucros dos EUA. Os bancos iniciarão a
temporada de resultados na sexta-feira.
Os ganhos para as empresas do S&P 500 deverão aumentar em
11,8 por cento, com a maior contribuição do setor de energia, de
acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

(Por Sinead Carew)
((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447745))
REUTERS TH ID

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia