Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Por Medha Singh
5 Jun (Reuters) – Fortes ganhos em gigantes de tecnologia
levavam a Nasdaq para uma máxima recorde nesta terça-feira,
enquanto as quedas no setor financeiro e de energia pesavam
sobre o S&P e Dow Jones.
Às 12:22 (horário de Brasília), o índice Dow Jones
caía 0,15 por cento, a 24.776 pontos, enquanto o S&P 500
perdia 0,010557 por cento, a 2.747 pontos. O índice de
tecnologia Nasdaq avançava 0,2 por cento, a 7.622
pontos.
O grupo de grandes empresas de tecnologia conhecido como
FAANG – Facebook , Apple , Amazon ,
Netflix e Google, da Alphabet – avançava,
impulsionando o índice de tecnologia do S&P para uma
alta de 0,38 por cento.
No entanto, os investidores ainda estavam cautelosos sobre
as discussões comerciais e os futuros sobre índices de ações
interromperam seus ganhos depois que o assessor econômico da
Casa Branca, Larry Kudlow, disse que o presidente Donald Trump
pode buscar negociações separadas com o Canadá e o México em uma
tentativa de obter acordos comerciais individuais com os dois
países.
"O mercado está um pouco no limite quando se trata de
negociações comerciais", disse Robert Pavlik, estrategista-chefe
de investimentos e gerente sênior de portfólio da SlateStone
Wealth LLC.
No entanto, a força na economia dos EUA, como mostrado pelo
último relatório de empregos, ajudou os investidores a voltarem
seus focos para fundamentos econômicos.
As ações financeiras recuavam 0,6 por cento, no pior
desempenho setorial, com Bank of America , JPMorgan
e Goldman Sachs em queda.
Outro obstáculo eram as empresas de energia, que caíam
depois que os preços do petróleo atingiram o menor nível em
quase um mês, diante de informações de que os EUA pediram à
Arábia Saudita e outros grandes exportadores para aumentar a
produção de petróleo.
O índice de energia do S&P operava na estabilidade.
O Twitter ganhava 5,4 por cento na inclusão da rede
social no S&P 500, enquanto o Netflix , que deve se
juntar ao S&P 100 subia 2 por cento.

(Por Medha Singh)
((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447509))
REUTERS TH ID

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia