Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

As ações negociadas na bolsa de Nova York fecharam para cima nesta quarta-feira, com o Dow Jones mantendo os 26 mil pontos. O Livro Bege, que revelou o fortalecimento da economia norte-americana, acabou por ofuscar alguns resultados corporativos.

Ao final, o S&P ficou em alta de 0,94% aos 2.802. O Dow Jones ficou em alta de 1,25% aos 26.115. O Nasdaq subiu 1,03% aos 7.298. O Russel 2000 ficou em alta de 0,76% a 1.584.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

O desempenho dos três índices em um ano se dá com a expansão econômica dos Estados Unidos e com o entusiasmo das medidas fiscais definidas pelo presidente Donald Trump no final do ano passado.

O mercado também está atento para o fechamento do governo neste fim de semana.Sem não houver um acordo de gastos até às 12h01 da hora do leste do sábado, o governo fechará parcialmente as operações.

Entre as ações com perdas estavam as da General Electric Co, queda de 4,4%, estendendo as maiores perdas observadas na sessão de terça-feira, que veio depois que o conglomerado industrial anunciou uma cobrança de US $ 6,2 bilhões e uma contribuição de US $ 3 bilhões para sua subsidiária de seguros e que deverá aumentar para US $ 15 bilhões até 2024.

As ações do Goldman Sachs Group Inc recuaram 2,3%, depois que o ícone de Wall Street apresentou lucro e receita menores no quarto trimestre, o seu pior resultado em seis anos.

As ações do Bank of America Corp caíram 0,4% depois que o gigante registrou receita trimestral abaixo das expectativas.

Nos Estados Unidos, a produção industrial subiu pelo quarto mês consecutivo em dezembro, atingindo o melhor resultado no trimestre desde 2010 e ressaltando o ressurgimento no setor fabril, que está preparado para novos avanços. Os dados são do Federal Reserve e mostrados nesta quarta-feira.

O ganho menor de dólar acima do esperado de dezembro na produção industrial refletiu uma queda de 0,1% na produção de bens não duráveis, incluindo petróleo e produtos químicos. A produção de bens duráveis aumentou 0,3%.

A produção de fábrica aumentou a uma taxa anualizada de 7% no quarto trimestre, a mais forte desde o segundo trimestre de 2010. Combinada com pesquisas nacionais e regionais de gerentes de compras, os números indicam que a fabricação foi robusta no final do ano. No ano, o resultado foi de crescimento em 1,3%, a maior leitura anual em cinco anos.


Assuntos desta notícia