Clicky

mm TD 728

Os índices de peso em Wall Street simplesmente despencaram nesta quinta-feira, com os números do setor de trabalho e os relatórios de consultorias revelando o pé no freio dos empregadores diante das incertezas que rondam o governo de Donald Trump. A falta de uma política mais clara para as medidas econômicas foram as principais justificativas.

Refletiu também no humor dos investidores as falas dos membros do Federal Reserve nesta quarta-feira (05), quando da divulgação da ata da reunião de 14 de junho.

Ao final, o S&P ficou em queda de 0,94% aos 2.409; o Dow Jones recuou 0,74% aos 21.320; o Nasdaq ficou em queda de 1,00% aos 6.089.

As ações de telecomunicações e das imobiliárias puxaram o S&P. Já o Dow Jones perdeu força com as empresas de energia.

A escalada das tensões na Coreia do Norte nesta semana, com o lançamento de um míssil de alcance intercontinental, provocou o aumento nas taxas dos títulos.

Os empregadores do setor privado adicionaram 153 mil de vagas temporárias durante o mês, abaixo dos 180 mil empregos que o consenso dos economistas havia previsto. Entretanto, os pedidos iniciais de desemprego no período entre 25 de junho e 1 de julho aumentaram 4 mil para 248 mil, ajustado, e de longo dos 235 mantidos no final do ano passado.


Assuntos desta notícia