Clicky

mm TD 728

Os índices de peso em Wall Street fecharam com ganhos nesta quarta-feira, depois do feriado nacional, com a ata da reunião do Federal Reserve indicando que uma redução no balanço econômico do banco central poderia começar em breve. As ações de tecnologia se recuperaram em meio a um relatório de fabricação decepcionante e a queda forte nos preços do petróleo.

Ao final, o S&P ficou em alta de 0,15% aos 2.432; o Dow Jones ficou estável aos 21.478; e o Nasdaq em alta de 0,67% aos 6.150.

Antes da divulgação da ata a presidente do Fed, Janet Yellen, afirmou que membros do banco central estão a favor de iniciar uma redução do balanço que é de US $ 4,5 trilhões . A detenção desses ativos era parte da carteira de políticas que o banco central havia assumido enquanto detinha taxas de juros em mínimos históricos. A ata também mostrou que a autoridade monetária está dividida com os números de desemprego.

Os indicadores apresentados hoje também despertaram a cautela, com as ordens de fábrica caindo 0,8% em maio, acima das estimativas de 0,7% pelos analistas.

Os analistas também consideraram a ata sem grandes notícias, ou seja, “um monte de nada e sem clareza sobre as medidas”, disparou um deles.

O petróleo bruto caiu bruscamente e atingindo a maior série de perdas este ano, já que a Rússia está se opondo a qualquer proposta para aprofundar os cortes da produção lideradas pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep). A proposta do cartel era para uma redução em 1,8 milhões de barris por dia até março de 2018 e mesmo assim os preços seguem para baixo.

A liquidação do Brent para setembro foi de US $ 48,05 o barril na bolsa ICE Futures Europe, com sede em Londres. O contrato caiu 0,1% para US $ 49,61 nesta terça-feira, o primeiro declínio em nove sessões.

 

O preço do petróleo WTI para setembro derreteu em 4,04% aos US$ 45,17 o barril na Bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.


Assuntos desta notícia