Clicky

mm lci boxe 728

A bolsa de Nova York fechou em alta nesta sexta-feira, com a recuperação das últimas sessões tumultuadas por conta do cenário político norte-americano refletindo no humor dos investidores O presidente Donald Trump está na primeira viagem internacional.

Ao final, o S&P ficou em alta de 0,68% aos 2.381; o Dow Jones ficou em alta de 0,69% aos 20.804; e o Nasdaq ficou em alta de 0,47% aos 6.083.

300×250 4 reais

Hoje, o setor de energia puxou o S&P e liderou em alta de 1%. Os dois índices, S&P e Dow Jones, fecharam a semana em queda de 0,4% na semana. O Nasdaq fechou a semana em 0,6%.

Os investidores, segundo analistas internacionais, estão atentos para a política fiscal e as medidas regulatórias do presidente Trump que ainda estão engavetadas.

A melhora nas negociações de hoje também foram puxadas pela queda na solicitação de seguro-desemprego divulgada pelo Departamento do Trabalho nesta quinta-feira.

Além disso, a crise no Brasil adicionou outra camada de preocupação nos investidores. O pronunciamento do presidente Michel Temer na tarde desta quinta-feira, desafiando os apelos para que ele renunciasse, afirmando que o Supremo Tribunal Federal (STF) irá desmentir alegações dos executivos da JBS também ficaram no radar de Wall Street.

De outro lado, as questões geopolíticas permaneceram no centro das atenções, em meio a relatos de que a Marinha dos Estados Unidos está movendo o segundo porta-aviões para a Península coreana e que jatos chineses interceptaram um avião da Força Aérea dos Estados Unidos.

A primeira viagem de Donald Trump como presidente é Riad, no sábado, a convite do rei saudita, Salman bin Abdulaziz. Depois da Arábia Saudita, Trump visita Tel Aviv e Roma antes de se dirigir para a reunião de cúpula da OTAN em Bruxelas e ao encontro do G-7 na Sicília.


Assuntos desta notícia