Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Os índices de peso em Wall Street fecharam com perdas nesta quarta-feira, com as ações de tecnologia e com as preocupações comerciais dos Estados Unidos com a China.

As declarações do secretário de Comércio, Wilbur Ross, de que há uma ação contra a China em uma guerra comercial e a do secretário do Tesouro, Steve Mnuchin, de que o dólar americano mais fraco é melhor para o comércio derrubaram os mercados. As declarações foram no Fórum Mundial de Davos, na Suíça.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

O S&P fechou em queda de 0,06% aos 2.837. O Dow Jones ficou em alta de 0,16% aos 26.252. O Nasdaq ficou em queda de 0,61% aos 7.415. O Russel 2000 recuou 0,69% a 1.599.

Com as declarações em Davos, o índice de DXY, que mede a moeda com seis demais, ficou em queda de 0,98% a 89,25.

Os rendimentos do Tesouro de 10 anos subiram 1,28%, o nível mais alto desde abril de 2014.

As ações do Goldman Sachs Group ficaram em alta de 0,08%, puxando o Dow Jones.

A GE ficou em queda de 0,06%, depois que a Securities and Exchange Commission disse que vai investigar o conglomerado por alterações contáveis.

Ainda sobre Davos, a apresentação do presidente Donald Trump é esperada para esta quinta-feira (25).

Nos Estados Unidos, os dados de janeiro indicaram outra expansão sólida da atividade comercial do setor privado, sustentada pelo aumento mais rápido do novo trabalho por cinco meses. A produção de manufatura continuou a aumentar a um ritmo muito mais rápido do que a atividade do setor de serviços. Em 53,8 em janeiro, abaixo de 54,1 em dezembro e dos analistas de 54,5, o Índice de Produção PMI do IHS Markit, na estimativa, com ajuste sazonal, sinalizou a menor taxa de expansão da atividade comercial desde maio de 2017. No entanto, o índice principal já postou acima do limite de 50,0 sem alteração por 23 meses consecutivos.


Assuntos desta notícia