Clicky

Profitchart Pro 728×90

A Economatica calcula o volume financeiro médio diário de todas as ações listadas na B3 desde 2002 e verifica que as cinco ações mais líquidas do mercado no ano de 2002 concentravam 40,42% do volume médio da B3. Já em 2017, até o dia 24 de abril, as cinco mais representativas do ano concentram 30,88% do volume total da B3.

O ano em que tivemos o maior nível de concentração da amostra com as cinco ações mais líquidas foi em 2002 com 40,42% e em 2013 registramos a menor, com 28,84%.

Chart Trading 300×250

Em 2017 as dez ações mais líquidas do mercado concentram 43,52% da B3. No ano de 2002 registramos o maior percentual de concentração com 56,28%. O menor nível das dez mais representativas do mercado aconteceu em 2013 com 40,65%.

As mais líquidas em 2017 da B3

A ação PNA da Vale SA (VALE5) passa a ser a ação mais negociada no ano de 2017 até o dia 24 de abril com volume financeiro médio diário anual de R$ 726,3 milhões. Em 2016, o volume médio diário anual da VALE5 foi de R$ 407,6 milhões. O melhor registro da VALE5 ocorreu em 2010 com R$ 745,5 milhões em média por dia.

A Petrobras PN (PETR4) foi a ação mais líquida do mercado entre 2014 e 2016, já em 2017 perde a primeira posição para VALE5.

A PETR4 movimenta em 2017 R$ 550,6 milhões em média por dia até o dia 24 de abril; no ano de 2016 a ação negociou em média por dia R$ 615,17 milhões.

O melhor momento da ação PETR4 foi em 2008, quando o papel movimentou em média por dia R$ 876,8 milhões.

As ações mais líquidas no USA ante a B3

Em 2017 até o dia 24 de abril a ação da Apple é a mais líquida no mercado dos USA com US$ 3,43 bilhões em média por dia. Comparativamente a B3 em 2017 movimentou US$ 2,30 bilhões em média por dia, o que colocaria a B3 na quarta posição entre as ações mais negociadas dos USA.

A Apple no ano de 2012 movimentou em média por dia US$ 10,8 bilhões. Nos últimos sete anos, desde 2012, a ação tem queda de liquidez constante, exceto no ano de 2015 quando o papel teve maior volume com relação a 2014.

Entre as quatro ações mais líquidas dos USA três são do setor de tecnologia: Apple, Amazon e Facebook. O Bank of America quebra essa hegemonia na terceira posição.


Assuntos desta notícia