Clicky

Sinalizações positivas no mercado internacional

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Informamos que, como ocorre todas as quartas-feiras, os comentários são feitos antes do fechamento, dada a minha participação na Rádio BandNews FM (dial 94,9). Entra lá!

Hoje tivemos sinalizações positivas de retomada da economia global a partir da divulgação de indicadores PMI de janeiro para diferentes países. Quase todos os índices vieram acima de 50 pontos, o que significa expansão da atividade. Exceção ao Brasil com o índice industrial encolhendo para 44,0 pontos, vindo de 454,2 pontos.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Logo cedo, o PMI industrial da China caiu para 51,3 pontos, mas ainda assim ficou acima do esperado. No Japão, houve alta para 52,7 pontos e recado do primeiro ministro Shinzo Abe para Trump que as empresas japonesas contribuem para o crescimento dos EUA e que o iene não é manipulado. Na Índia, o PMI de janeiro subiu para 50,4 pontos, voltando ao campo da expansão.

Na Alemanha, PMI em alta para 56,4 pontos e na zona do euro alta para 55,2 pontos. No Reino Unido, o PMI caiu para 55,9 pontos. Theresa May disse que o governo vai publicar Livro Branco com os planos do Brexit, a saída da região da União Europeia. Nos EUA, a pesquisa ADP de criação de vagas no setor privado em janeiro com 246000 posições, quando o esperado era somente 164000. Essa pesquisa antecede o payroll que sairá na sexta-feira com a criação de vagas nos setores público e privado.

Ainda nos EUA, o PMI da atividade industrial subiu para 55,0 pontos (anterior em 54,3 pontos) e o ISM subiu para 56,0 pontos. Os gastos com construção (investimentos) encolheram 0,2% em dezembro e os estoques de petróleo da semana anterior cresceram 6,46 milhões de barris, com utilização da capacidade caindo para 88,2%. Na sequência, o petróleo WTI negociado em NY mostrava alta de 0,44% com o barril cotado a US$ 53,04. O euro era transacionado em queda para US$ 1,075 e os notes americanos de 10 anos com taxa de juros em 2,50%.

No segmento local, o IBGE anunciou que a produção industrial de 2016 em contração de 6,6%, mas com expansão em dezembro de 2,3%. Estamos ainda 19% abaixo do pico de produção alcançado em junho de 2013, e em patamar semelhante ao que produzíamos em fevereiro de 2009. De qualquer forma, foi o melhor resultado para dezembro desde 2011, mas incorporamos o terceiro ano seguido de contração da atividade com queda de 16,9%.

O saldo da balança comercial em janeiro mostrou superávit de US$ 2,72 bilhões, fruto de exportações de US$ 14,9 bilhões e importações de US$ 12,2 bilhões. Na Bovespa, tivemos saída de recursos de investidores estrangeiros na sessão de 30 de janeiro de R$ 57 milhões, deixando o saldo do mês com ingressos de R$ 6,17 bilhões.

Na agenda de amanhã, nenhum indicador importante para o Brasil e somente a indicação do relator da Lava Jato no STF e eleição para presidência da Câmara. No Reino Unido, decisão do BOE sobre política monetária e discurso do presidente Mark Carney. Nos EUA, a produtividade do trabalho no quarto trimestre e os pedidos de auxílio desemprego da semana anterior.

Boa noite.

Alvaro Bandeira
Economista-Chefe Home Broker Modalmais
Fonte: https://www.modalmais.com.br/blog/falando-de-mercado


Assuntos desta notícia