Clicky

MetaTrader 728×90

Por Kate Duguid
NOVA YORK, 19 Jan (Reuters) – Os rendimentos dos Treasuries
de 10 anos atingiram a máxima de três anos nesta sexta-feira uma
vez que a fraqueza nos negócios durante a madrugada levou a
dívida a romper níveis técnicos de suporte, resultando em mais
vendas.
"Esta é uma daquelas vezes em que a movimentação de preço da
ação está fazendo mais preço", disse Michael Lorizio, operador
sênior de renda fixa na Manulife Asset Management.
O retorno do papel de 10 anos atingiu seu nível
mais alto desde setembro de 2014 nesta sexta-feira, a 2,646 por
cento, quebrando o recorde de 2017 de 2,64 por cento com o qual
o mercado vinha flertando a semana toda.
A alta de 2017 representa um nível técnico para o papel de
10 anos. Rendimentos de ou abaixo de 2,64 por cento podem
indicar ao mercado que as taxas serão mantidas no curto prazo.
Se elas fecham acima deste nível, o mercado provavelmente vai
testar o próximo marco mais alto.
"Se nós não (mantivermos os 2,646 por cento), provavelmente
vamos olhar a negociação em direção a 2,75 por cento ou
possivelmente 3 por cento", disse Tom di Galoma, diretor-gerente
na Seaport Global.
Analistas não viram notícias sobre a potencial paralisação
do governo norte-americano influenciando o mercado, notando que
tais eventos tiveram vida curta no passado.
"A história nos conta que isso não tem maior impacto
econômico no longo prazo", disse Lorizio. "O mercado global não
parece estar precificando muita ruptura."
Às 14:17, o retorno do papel de 10 anos estava em 2,6333 por
cento, enquanto o de dois anos estava em 2,0523 por
cento depois de atingir 2,065 por cento mais cedo nesta
sexta-feira, o nível mais alto desde setembro de 2008.
(Por Kate Duguid)
((Tradução redação São Paulo, 55 11 5644 7723))
REUTERS CV ID


Assuntos desta notícia