Clicky

MetaTrader 728×90

Por Ann Saphir
1 Jun (Reuters) – O Federal Reserve, banco central dos
Estados Unidos, está cada vez mais propenso a aumentar os juros
quatro vez este ano, depois que um relatório do governo apontar
que foram criadas mais vagas de emprego do que o esperado em
maio, mostram apostas de curto prazo de operadores.
Os operadores continuam bastante confiantes sobre os
aumentos da taxa básica em junho e setembro, mostram preços de
futuros, e vêem cerca de 36 por cento de chance de um aumento
nos juros em dezembro, ante 32 por cento antes do relatório. O
Fed elevou a taxa uma vez este ano até o momento, em março. Os
operadores também aumentaram as apostas de novos aumentos em
2019.
O crescimento do emprego nos Estados Unidos acelerou em
maio, com os empregadores criando 223 mil empregos, e a taxa de
desemprego caiu para uma mínima de 18 anos de 3,8 por cento,
mostraram os relatórios do Departamento do Trabalho nesta
sexta-feira.
O forte ganho de emprego, juntamente com o aumento de 2,7
por cento na renda médias por hora, "mantêm o Fed no caminho
certo para uma alta dos juros nas próximas semanas e talvez até
mantenha vivo o pensamento de que há uma possibilidade de uma
quarta taxa se aproximar", disse David Joy, estrategista-chefe
de mercado da Ameriprise Financial.
Nem todos no Fed estão convencidos.
Embora haja sinais de que o crescimento salarial esteja
aumentando, "ainda está baixo", disse o presidente do Fed de
Minneapolis, Neel Kashkari, após a divulgação dos números de
emprego.
Seu ponto de vista é mais "dovish" do que os da maioria de
seus colegas, e no passado ele sugeriu esperar por um
crescimento mais forte dos salários e da inflação antes de
aumentar os juros.

(Por Ann Saphir)
((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447509))
REUTERS TH ID

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia