Clicky

MetaTrader 728×90

As bolsas da Ásia ficaram no azul nesta quarta-feira, com os investidores descolando dos conflitos geopolíticos promovidos pela Coreia do Norte e partindo para as compras.

O índice MSCI Asian Pacific fechou em alta de 0,2% aos 153,97, em Hong Kong.O índice Asia Dow subiu 0,37% para 3.346. O Hang Seng, Hong Kong, ficou em alta de 0,52% aos 25.521. O Xangai Composite ficou em alta de 0,76% aos 3.207. O Nikkei 225, bolsa do Japão, ficou em alta de 0,25% aos 20.081 pontos. O índice Kospi, Coreia do Sul, fechou em alta de 0,33% aos 2.388 pontos. O índice Sensex, bolsa da Índia, fechou em alta de 0,21% aos 30.921. O índice FTSE Straits Times de Singapura fechou em alta de 1,17% aos 3.248.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

As ações de tecnologia estavam entre os maiores ganhos, depois da queda acentuada nesta terça-feira. Os fabricantes de automóveis apresentaram os maiores ganhos no Japão.

De acordo com analistas consultados pela Bloomberg, três mercados de ações nunca voltaram para os picos alcançados nos anos anteriores à crise financeira asiática desencadeou uma venda da região há duas décadas.

O índice Topix do Japão atingiu um recorde em dólares em dezembro de 1989. Na terça-feira, estava negociando 29% menor. O SET da Tailândia e o TWSE de Taiwan compõem o trio de índices regionais que não conseguiram recuperar as ganhos desde a crise de 1997.

Um mercado que teve um bom desempenho é a Coreia do Sul. O índice Kospi subiu acima do seu pico anterior à crise em 2006 e atingiu uma nova alta no ano seguinte. Apesar das tensões em curso entre o país e sua vizinha Coreia do Norte, as ações continuaram a prosperar e alcançaram um máximo de 10 anos em 30 de junho.

O Hang Seng de Hong Kong, o S&P SSEx da Índia e a NSE Nifty 50, o JCI Composite da Indonésia, o PSEi das Filipinas e o KLCI da Malásia estão entre outros índices que superaram seus picos desde 1997.


Assuntos desta notícia