Clicky

Mercado americano volta a funcionar após feriado

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Hoje os mercados voltam ao normal depois do feriado americano do Dia do Presidente. Ontem, a Bovespa não sentiu muito o aspecto liquidez, já que tivemos vencimento de opções para o prazo fevereiro com exercício de R$ 5,2 bilhões (alto para os padrões) e noticiário forte da Vale que provocou alta de mais de 6,0%, afetando ainda outras ações.

Dia de alta nos principais mercados da Ásia (exceto Hong Kong) e Europa começando o dia em alta (exceto Londres) e futuros do mercado americano no campo positivo. No Brasil, há espaço para novas altas, mas depende do fluxo canalizando. Investidores gostando da postura do governo em ajustar a economia e no exterior preocupação com as eleições na França e com o Brexit, a saída do Reino Unido da União Europeia.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Nos EUA, a presidente do FED regional de Cleveland disse estar confortável em elevar juros na próxima reunião, mas aparentemente nessa reunião de março as chances são ainda baixas. O FED quer esperar as políticas traçadas por Trump. Na Austrália, a ata do banco central deixou claro o otimismo com a recuperação econômica do país.

Na China, durante a madrugada, o PBOC sugeriu desvalorização branda do yuan, mas o dia está sendo de divulgação de indicadores de atividade PMI de fevereiro. No Japão, o PMI industrial subiu para 53,5 pontos (anterior em 52,7 pontos). Na França, o índice composto (incluiu serviços) subiu para 56,2 pontos, no maior patamar desde maio de 2011. Na Alemanha, o PMI industrial subiu para 57,5 pontos e na zona do euro subiu para 55,5 pontos.

Na sequência dos mercados no exterior, o petróleo WTI negociado em NY mostrava alta de 1,65%, com o barril cotado a US$ 54,28. O euro era transacionado em queda para US$ 1,0533 e notes americanos de 10 anos com juros de 3,45%. O ouro e a prata em queda na Comex e commodities agrícolas em alta na bolsa de Chicago.

No cenário local, o projeto de recuperação das finanças dos Estados prevê privatização de empresas de setores financeiro, energia e saneamento; tudo que os governadores não querem abrir mão e a suspensão de dispositivos da LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal). Na sequência dos mercados, DIs começando o dia com queda de juros para diferentes vencimentos, dólar operando em alta de 0,20% a R$ 3,095 e Ibovespa futuro em alta de 0,40%.

Na agenda do dia, teremos a sabatina de Alexandre de Moraes para o STF e, se houver tempo, o senado volta a discutir o projeto de repatriação de recursos. Nos EUA, três dirigentes regionais do FED discursam.

Bom dia e bons negócios.

Alvaro Bandeira
Economista-Chefe Home Broker Modalmais
Fonte: https://www.modalmais.com.br/blog/falando-de-mercado


Assuntos desta notícia