Clicky

MetaTrader 728×90

Por Claudia Violante
SÃO PAULO, 13 Mar (Reuters) – Os contratos futuros de juros
operavam com leves quedas nesta terça-feira, em meio às apostas
de que o Banco Central reduzirá a Selic neste mês mesmo com
dados mais robustos de vendas no varejo brasileiro neste início
de ano.
"O varejo mais forte não muda a percepção de que o BC vai
cortar a Selic em março, mas reduz a probabilidade de nova baixa
em maio. Até lá, há ainda muitos elementos que terão que ser
levados em consideração", afirmou o economista-sênior do Banco
Haitong, Flávio Serrano.
Em janeiro, as vendas no varejo subiram 0,9 por cento em
relação ao mês anterior, dado mais forte desde junho de 2017 e
acima da expectativa de alta de 0,6 por cento em pesquisa da
Reuters.
A curva a termo de juros precificava cerca de 85 por cento
de chances de novo corte de 0,25 ponto percentual da Selic
agora, com o restante indicando manutenção, segundo operadores.
Atualmente, a Selic está em 6,75 por cento ao ano, mínima
histórica.
Os DIs também mantinham em cerca de 70 por cento as apostas
de que a Selic voltará a subir só em dezembro.
"Os juros futuros vêm registrando sucessivos recuos,
influenciados não apenas pela queda sistemática da inflação, mas
também pelas expectativas de redução da taxa Selic", escreveram
os analistas do BB Investimentos, em relatório semanal, Renato
Odo e José Roberto dos Anjos.
"No entanto, a proporção desses recuos vem se tornando cada
vez menor…, levantando dúvidas quanto à continuidade da
tendência", acrescentaram.
Os DIs mais longos acompanhavam a trajetória de baixa do
dólar ante o real , depois que a inflação norte-americana
veio comportada, mantendo a perspectiva de que o Federal
Reserve, banco central do país, não deve aumentar os juros mais
do que o esperado.
O Fed vem indicando que elevará os juros três vezes neste
ano de forma gradual e, um movimento mais forte do que o
esperado, aumentaria o potencial de atrair para os Estados
Unidos recursos aplicados hoje em outros mercados financeiros,
como o brasileiro.
Veja as taxas dos principais contratos de juros às 11:05:
mês ticker último fechamento variação
(%) anterior (p.p.)
(%)
APR8 6,54 6,548 -0,008
JAN9 6,465 6,45 0,015
JAN0 7,28 7,28 0
JAN21 8,21 8,23 -0,02
JAN23 9,14 9,18 -0,04

(Edição de Patrícia Duarte)
(([email protected]; 55 11 5644 7723; Reuters
Messaging: [email protected];))

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia