Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

O Ibovespa sustenta a alta nesta quarta-feira, com os investidores mantendo o bom humor predominante em todo o mês de janeiro, embalados por balanços corporativos, tanto os domésticos como os externos, e com os índices de peso em Wall Street buscando as máximas.

No radar dos mercados está o fim da reunião do Comitê de Mercado Aberto – Fomc, do Federal Reserve, que anuncia a política monetária para os Estados Unidos. A reunião marca a saída de Janet Yellen da instituição, sendo que parte das três décadas como presidente do banco central. Yellen, que já vinha se despedindo desde dezembro do ano passado, passará o comando para Jerome Powell, que também é membro do Fomc.

MetaTrader 300×250

Fora os Estados Unidos, os preços das commodities também estão pressionando alguns papéis, como das elétricas e petroleiras, com o Brent, referência na Europa, e o WTI, referência norte-americano, também operando no negativo.

Há pouco, o Ibovespa estava em alta de 1,42% aos 85.682 pontos. O volume financeiro era de R$5,5 bilhões. O IEE estava em alta de 0,58%.

As ações com ganhos
Estacio Part. ON, alta de 3,83%; Usiminas PNA, alta de 3,63%; Eletrobras PNB, alta de 4,03%; Gerdau Met. PN, alta de 3,37%; e Eletrobras ON, alta de 3,65%.

As ações com perdas
Qualicorp ON, queda de 2,01%; ViaVarejo UNT, queda de 0,91%; Fibria ON, queda de 1,49%; Suzano Papel ON, queda de 1,19%; e Engie Brasil ON, queda de 0,66%.

A Petrobras ON estava em alta de 2,03% e a PN, alta de 2,15%.

O Itau Unibanco PN estava em alta de 1,75%.

O BB ON estava em alta de 2,94%.

O Bradesco PN estava em alta de 2,45%.

Carteira Teórica

A Carteira Teórica do Índice Bovespa em vigor de 02 de janeiro a 04 de maio de 2018. Os cinco ativos que apresentam o maior peso na composição do índice são: Itauunibanco PN (10,510%), Vale ON (9,993%), Bradesco PN (7,830%), Ambev S/A ON (6,875%) e Petrobras PN (5,240%).

Commodities

O petróleo referência, Brent, segue em queda na bolsa de Futuros de Londres a 0,10% a US$67,41 o barril.

O petróleo WTI segue em queda de 0,64%, cotado a US$ 64,09 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, ficou em queda de 1,83% a US$72,97 a tonelada seca e com 62% de pureza.

A celulose fibra longa negociada fechou US$1033,42, alta de 0,33%, a tonelada na sessão anterior. A celulose fibra curta fechou em US$1000,00 a tonelada


Assuntos desta notícia