Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

A B3 fechou em queda nesta quarta-feira, com todas as atenções para o cenário interno. A decisão sobre a votação da Reforma da Previdência pesou no comportamento dos investidores. Do lado externo, o Federal Reserve manteve as taxas de juros inalteradas, justificando o pequeno recuo no desenvolvimento econômico dos Estados Unidos.

Ao final, o Ibovespa ficou em queda de 0,94% as 66.093. O volume financeiro ficou em R$ 8,5 bilhões.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

“Hoje o mercado oscilou em realização de lucros. A votação na PEC da Reforma da Previdência ficou no foco central”, disse o gerente de B3 da HCommcor, Ari Santos.

As ações com ganhos

Embraer ON, alta de 3,59%; WEG ON, alta de 2,59% Sabesp ON, alta de 1,84%; Cemig PN, alta de 3,88%; e Qualicorp ON, alta de 1,07%.

As ações com perdas

Bradespar PN, queda de 5,67%; Cielo ON, queda de 5,56%; Gerdau PN, queda de 4,88%.

A Petrobras ON ficou em alta de 0,63% e a PN, alta de 1,22%.
A Vale ON ficou em queda de 6,2% e a PN, queda de 5,36%.

Carteira Teórica

A Carteira Teórica, que passa a vigorar de 02 de maio a 01 de setembro no Ibovespa, mostra os cinco ativos com maior peso no índice: Itauunibanco PN (11,453%), Bradesco PN (8,244%), Ambev S/A ON (7,299%), Petrobras PN (5,331%) e Vale PNA (4,727%)

Pagam dividendos: Cesp, Grendene e Odontoprev.

Commodities

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, fechou em queda de 0,06% a US$68,68 a tonelada seca e com 62% de pureza.

No mercado de petróleo, o contrato futuro para entrega em junho do produto tipo WTI é negociado a US$ 47,81 o barril, alta de 0,31%.


Assuntos desta notícia