Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

O dólar comercial manteve a valorização nesta quarta-feira, mesmo com o Federal Reserve mantendo a taxa de juros dos Estados Unidos inalterada. Entretanto, segundo analistas, apesar do comunicado apresentado hoje mostrar que o ritmo de aumentos, pelo menos por enquanto, será mantido os números da economia norte-americana dão sinais de fortalecimento e, com isso, a trajetória poderá ser mudada. Ainda por lá está no radar a divulgação do Payroll na próxima sexta-feira (04). No cenário doméstico a política segue no foco central dos mercados.

Ao final, no interbancário, moeda ficou cotada a R$3, 547 para a compra e R$3, 549 para a venda, alta de 1,30%.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

O euro ficou em R$4, 239 para a compra e R$4, 241 para a venda, alta de 0,78%.

A libra ficou em R$4, 819 para a compra e R$4,820 para a venda, alta de 0,92%.

Em Nova York, o índice DXY, que mede o comportamento da moeda com mais seis, ficou em alta de 0,36% a 92,83. O WSJ, que amplia o comparativo com mais 16, ficou em alta de 0,31% a 86,37.

O euro ficou em queda de 0,40% a US$1.1948. A libra ficou em alta de 0,31% a US$1.3571.

As autoridades do Fed concluíram a reunião de dois dias e a política monetária não foi alterada.

De outro lado, o comportamento do euro está relacionado aos números do PIB que foram apresentados hoje pelo Eurostat para os 19 países da Zona do Euro, com alta de 0,4% no primeiro trimestre ante o mesmo período do ano passado. No ano, o PIB segue em alta de 1,7%.

O emprego do setor privado da ADP ficou em 204 mil em abril, em comparação com 241 mil anteriormente. Entretanto, as atenções seguem para o anúncio do Payroll na sexta-feira (04) – folha de pagamento não-agrícola.


Assuntos desta notícia