Clicky

MetaTrader 728×90

SÃO PAULO, 7 Dez (Reuters) – O dólar saltou nesta
quinta-feira, voltando a se aproximar do patamar de 3,30 reais,
diante da avaliação de que o governo do presidente Michel Temer
tem poucas chances de aprovar a reforma da Previdência em breve
devido à dificuldade de conquistar apoio político.
O dólar avançou 1,73 por cento, a 3,2865 reais na
venda, maior ganho desde 18 de maio passado (+8,15 por cento),
quando o mercado reagiu à delação de executivos do grupo JBS que
atingiram em cheio Temer.
Na máxima da sessão, a moeda norte-americana foi a 3,3194
reais, e o movimento de agora foi mais do que suficiente para
anular a queda acumulada de 1,26 por cento nos quatro pregões
anteriores.
O dólar futuro subia cerca de 1,60 por cento no
final da tarde.

(Por Claudia Violante; Edição de Patrícia Duarte)
(([email protected]; 55 11 5644 7723; Reuters
Messaging: [email protected];))

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia

Join the Conversation