Clicky

MetaTrader 728×90

SÃO PAULO, 30 Nov (Reuters) – O dólar fechou com alta de
quase 1 por cento nesta quinta-feira, no patamar de 3,27 reais,
repetindo o movimento da véspera com o mercado precificando cada
vez mais que o governo do presidente Michel Temer não conseguirá
aprovar a reforma da Previdência em breve.
O dólar avançou 0,97 por cento, a 3,2716 reais na
venda, fechando novembro praticamente estável, com leve queda de
0,04 por cento. Desde agosto passado, a moeda norte-americana
acumula alta de quase 5 por cento.
O dólar futuro subia cerca de 0,50 por cento no
final da tarde.
No mês até a última terça-feira, quando o mercado estava
mais otimista de que seria possível votar a reforma da
Previdência, o dólar acumulava queda de 1,96 por cento, mas o
humor dos investidores azedou com o sinais de falta de apoio
político à medida, considerada essencial para colocar as contas
públicas do país em ordem.

(Por Claudia Violante; Edição de Patrícia Duarte)
(([email protected]; 55 11 5644 7723; Reuters
Messaging: [email protected];))

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia