Clicky

mm black 728

A Bolsa de Valores de São Paulo opera em alta nesta terça-feira. Os investidores seguem acompanhando os demais mercados, antes de qualquer alteração na política monetária dos Estados Unidos. Por outro lado, as questões políticas de Brasília e da Operação Lava Jato, com novos pedidos de prisão, também estão no radar. Os preços das commodities para cima contribuem com os índices de peso.

Há pouco, o Ibovespa subia 0,07% aos 50,468 pontos. O giro financeiro caminhava para R$1,5 bilhão.

300×250 4 reais

Do lado cambial, o dólar comercial seguia desvalorizado. No interbancário, a divisa seguia cotada a R$3,463 na compra e R$3,463 na venda, queda de 0,77%.

O preço do minério de ferro, com 62% de pureza, no porto de Qingdao ficou em alta de 2,8% aos US$52,54 a tonelada seca.

Entre as altas no Ibovespa estavam as ações da PETROBRAS ON R$11,12, (+2,96%), PETROBRAS PN, R$8,62, (+1,89%) e BRADESPAR PN, R$8,15, (+2,26%), entre outras.

Na contramão estavam as ações da BRASKEM PNA, R$20,37, (−3.69%) e KROTON ON, R$12,23, (−3.70%), entre outras.

Petróleo

O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) para entrega em julho abriu nesta terça-feira em alta de 1,15% (US$ 0,57), cotado a US$ 50,26 o barril na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex).

O preço do barril de petróleo Brent para entrega em agosto abriu as negociações desta terça-feira em leve baixa no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, cotado a US$ 50,46, uma variação de apenas 0,01% em relação ao fechamento da sessão anterior.


Assuntos desta notícia