Clicky

Bovespa fecha em alta de 1,16% nesta segunda-feira

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Feriado do Dia do Presidente nos EUA, os mercados perderam parte do referencial de preços e liquidez. No Brasil, foi mascarado por dois eventos. De um lado, o vencimento de opções para o prazo fevereiro na Bovespa e, de outro, pelo efeito Vale.

O vencimento de opções na Bovespa registrou exercício elevado para R$ 5,2 bilhões, função da alta recente dos mercados. Com relação à Vale, os acionistas aprovaram mudanças que levarão a empresas a ser uma sociedade sem controle definido, com claros benefícios para a gestão. Além disso, vão realizar refirmas estatutárias e provavelmente extinguir as ações preferenciais. A Bradespar por ser grande acionistas da Vale teve liquidez ampliada e forte valorização.

Chart Trading 300×250

A pesquisa Focus semanal do Bacen veio mais uma vez positiva, com a inflação de 2017 em queda para 4,43% (anterior em 4,47%), e produção industrial de 2018 subindo para 2,10%. O dólar tem estimativa de fechar o ano em R$ 3,30 (anterior em R$ 3,36%) e queda em 2018 para R$ 3,40. No Rio de Janeiro, a Alerj aprovou a privatização da Cedae por 41 votos favoráveis contra 28 contra e agora discutem as emendas. A Polícia Federal sugeriu que Lula, Dilma e Mercadante sejam denunciados criminalmente em primeira instância.

O Tesouro anotou que a dívida pública de janeiro encerrou em R$ 3,05 trilhões, em contração de 1,91%. Houve resgate líquido de R$ 75,39 bilhões. Os estrangeiros reduziram a participação no total da dívida para 14,22%. Os títulos pré-fixado caíram para 33,37% do total e os parametrados pela inflação para 33,08% Os títulos com base na Selic ficaram com 29,66%. O vencimento em 12 meses está em 15,44%, o menor dado da série.

O saldo da balança comercial da terceira semana de fevereiro ficou em US$ 1,2 bilhão, acumulando no mês superávit de US$ 2,4 bilhões e no ano com +US$ 5,1 bilhões. Na sequência dos mercados, ainda internamente, os DIs fecharam o dia com queda dos juros para todos os vencimentos e o dólar cotado a R$ 3,089, em queda de 0,23%. Na Bovespa, na sessão de 16 de fevereiro, os investidores estrangeiros retiraram R$ 72,7 milhões, deixando o saldo positivo de fevereiro em R$ 1,67 bilhão e o ano com ingresso líquido de US$ 7,92 bilhões.

No cenário externo, investidores preocupados com a turbulência que possa ocorrer nos mercados com as eleições na França. A Alemanha espera que o FMI participe do plano de resgate da Grécia. O FMI tem se mostrado reticente.

Nos mercados, o petróleo WTI negociado em NY foi negociado em alta de 0,54%, com o barril cotado a US$ 53,69. O euro era transacionado em US$ 1,0616. O ouro negociado em queda e a prata em alta na Comex e commodities agrícolas em queda na bolsa de Chicago. O minério de ferro foi transacionado em alta no mercado spot chinês em alta de 2,7%, com a tonelada em US$ 92,70.

No mercado acionário, dia de alta na bolsa de Londres de 0,06%, Paris com +0,05% e Frankfurt com +0,66%. Madri em alta de 0,37% e Milão com queda de 0,06%. Na Bovespa, dia de alta de 1,16%, com o índice em 68532 pontos e destaque para as ações de Bradespar e Vale com altas de respectivamente 16,6% e 6,17%.

Na agenda de amanhã, teremos indicadores de atividade PMI para diferentes países para o mês de fevereiro e discurso do presidente do FED de Filadélfia.

Boa noite.

Alvaro Bandeira
Economista-Chefe Home Broker Modalmais
Fonte: https://www.modalmais.com.br/blog/falando-de-mercado


Assuntos desta notícia